quinta-feira, agosto 10, 2017

Anotações de Verão I


Benignos os deuses na placidez dos corpos
Zénite de azul às golfadas de Céu e Mar

E esta brisa de sal e lume na paleta dos sentidos
A esculpir o murmúrio das marés
E a cartografia das distâncias

Paisagem de um tempo breve
No prumo solar
Dos dias.


Manuel Veiga



Sem comentários: